Instituto Veredas | Brasília | Brasil | 2019

  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook - White Circle
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone LinkedIn

Trajetórias da Cidadania - Fundo Brasil Direitos Humanos

O projeto Trajetórias de Cidadania - Mobilização de atores para consolidação de alternativas sustentáveis às prisões provisórias foi realizado no Distrito Federal, iniciado em março de 2018 com duração prevista até agosto de 2019. O objetivo é caracterizar a população presa provisoriamente no DF, entre 2016 e 2017, identificando suas trajetórias antes e depois da prisão, com especial atenção às dimensões de raça/cor e gênero. Com esse projeto, o Veredas apresenta estratégias efetivas de intervenção frente aos principais desafios para enfrentamento do abuso de prisões provisórias e suas consequências, O trabalho vem sendo financiado pelo Fundo Brasil de Direitos Humano (FBDH), em parceria com a OAK Foundation e o Instituto Betty e Jacob Lafer.

Parceiros para aprendizado rápido em sistemas sociais - McMaster University/Canadá/PERLSS

O Instituto Veredas compõe a cooperação internacional Partners for Evidence-driven Rapid Learning in Social Systems (PERLSS), que envolve 15 países, coordenada pela McMaster University (Canadá). O objetivo é aprimorar ferramentas de tradução de conhecimento e ampliar o uso de evidências para políticas e programas sociais. No Brasil, o time de pesquisadores é articulado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Brasília. Ao longo de três anos, o time brasileiro desenvolverá respostas rápidas, sínteses de evidências, diálogos deliberativos e oficinas, além de articular uma rede em torno do tema. De junho a agosto de 2019, está sendo realizado um workshop para produção de síntese de evidências com participação da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan-DF), da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e da Secretaria de Educação (Seduc-DF).

Política de Comunicação para Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura

O Veredas está apoiando o Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT) no desenvolvimento de uma Política de Comunicação, contendo um conjunto sistematizado de princípios, valores, posturas, estratégias e diretrizes para orientar o relacionamento da instituição com os seus públicos estratégicos. Com financiamento do Protocolo Facultativo à Convenção contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes (OPCAT), vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU). Este projeto visa proporcionar o fortalecimento institucional do MNPCT, órgão fundamental na defesa dos direitos e promoção da dignidade das pessoas em situação de privação de liberdade no Brasil. 

Síntese de Evidências sobre Prevenção de Acidentes Domésticos - Fiocruz

A partir de fevereiro de 2018, o Instituto Veredas passou a dar o apoio técnico à Síntese de Evidências sobre Prevenção de Acidentes Domésticos, Projeto da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Brasília. O projeto é financiado pelo Edital nº07/2017 da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF). O trabalho gira em torno da articulação de uma rede de atores-chave sobre o tema, análise da base de dados de ocorrências de acidentes domésticos no DF, georreferenciamento, buscas na literatura científica sobre prevenção de acidentes, elaboração da síntese de evidências e organização do diálogo deliberativo. 

Consultoria ao Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês 

Entre 2018 e 2020, o Instituto Veredas disponibiliza docente especialista em políticas de saúde informadas por evidências para o Projeto de Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências (Espie), do Hospital Sírio-Libanês e Ministério da Saúde. O objetivo é contribuir para a qualificação de docentes e facilitadores para o uso dos melhores repositórios de buscas de evidências como subsídio à formulação e implementação das políticas públicas. Os resultados vêm sendo avaliados e as ações serão implantadas na gestão de políticas de saúde nas regiões contempladas pelo projeto. 

Síntese de Evidências sobre Anemia e Beribéri entre Indígenas - EVIPNet

Em parceria com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), vinculada ao Ministério da Saúde, o Instituto Veredas realizou uma síntese de evidências com foco na anemia e beribéri entre os povos indígenas nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dsei) do Maranhão e de Tocantins. O projeto promoveu o intercâmbio entre indígenas, praticantes dos saberes tradicionais, profissionais de saúde que atuam nos Dsei, pesquisadores e gestores de saúde. O projeto foi financiado via Carta Acordo (SCON2018-00026) com Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), a partir de seleção na 2ª Chamada Pública de Rede para Políticas Informadas por Evidências (EvipNet Brasil) em 2017.

PROJETOS

2018/2019 

PROJETOS

2017/2018 

Índice de Dados Abertos Para Cidades - Brasília

Em parceria com a Open Knowledge Brasil e a Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (Dapp/FGV), que avaliou o estado da arte das políticas de dados abertos de Brasília/DF, tendo por ano-base 2017, o Instituto Veredas fechou mais uma parceria, de forma voluntária. Em maio de 2018, o Veredas organizou um debate ampliado "Construindo transparência para a sociedade civil", seguido do lançamento do Índice de Dados Abertos para Cidades 2018 (ODI) de Brasília. Os debatedores representaram a Controladoria-Geral do DF, o DF em Movimento, o Observatório Social de Brasília, a Operação Serenata de Amor, Câmara Legislativa do DF. 

Judicialização da Saúde - Síntese de Evidências

Produzida em parceria com o Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde do Ministério da Saúde (DGTIS/MS), a Síntese de Evidências sobre Judicialização da Saúde tem o objetivo de dar suporte às deliberações sobre as demandas judiciais em saúde, políticas e programas de saúde, resumindo a melhor evidência disponível sobre o problema e as soluções viáveis.

 

Estresse entre Profissionais de Segurança Pública - Síntese de Evidências
Produzida em parceria com a Coordenação de Pesquisa da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ), a Síntese de Evidências sobre Estresse entre Profissionais de Segurança Pública tem o objetivo de dar suporte às deliberações sobre políticas e programas de qualidade de vida dos profissionais de segurança pública, resumindo a melhor evidência disponível sobre o problema e soluções viáveis.

PROJETOS

2016/2017